pesquisar   

Sábado, 28 de Fevereiro de 2009
Muito, muito, muito, obrigada

João e Neto.

 

Mesmo muito.



publicado por Undómiel às 19:50
link do post | comentar | ver comentários (4) | adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2009
Bah

Quem estabeleceu os limites de peso da bagagem e o preço do excesso de peso nunca teve de transportar uma mala para 6 meses.



publicado por Undómiel às 14:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009
alter-ego

a adorável mulher das neves.



publicado por Undómiel às 18:08
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

e agora algo menos sentimental: os óscares

Talvez o titulo deste post devesse ser "e agora algo mais político: os óscares".

 

 

Desta vez a grande aposta dos senhores por detrás dos Oscar era a cerimónia em si, que se anunciava como "completamente diferente" das dos últimos anos, que tinham provocado um desinteresse geral. De facto, assim foi. E foi muito bem. Uma bela cerimónia.

Estava eu à espera que a transmissão começasse lá para as 3h, como costuma acontecer, quando, por acaso, depois de acordar de uma sesta, à 1h, decidi fazer zapping. Parei na TVI e estavam um moreno Hugh Jackman com uma afinada Anne Hathaway no meio de um número musical que imediatamente me prendeu. A cerimónia de entrega dos Oscar tinha começado. Depois desta bela surpresa, anuncia-se o nome da vencedora do prémio de melhor actriz secundária de uma forma absolutamente nova e muito interessante. O modelo dos cinco apresentadores foi uma aposta ganha. Mesmo quando esses cinco inclui uma Sophia Loren um tanto acabada que leu o seu texto sem qualquer expressividade. Palmas para os responsáveis pela cerimónia, definitivamente. O mesmo já não digo em relação aos premiados.

 

Quase todos os principais prémios foram entregues de acordo com a maioria das previsões. Com muita pena minha. 8 prémios em 10 para Slumdog Millionaire para, no dia seguinte, o mundo prestar atenção à Índia. Filme estrangeiro para o Japão e não para Walz with Bashir, porque é Israelita. E como a questão Palestiniana renasce, é importante não atirar achas para a fogueira. Kate Winslet, actriz cheia de tiques arrecada o prémio de melhor actriz principal sabe Deus como. Porque é que a academia tem problemas em atribuir realmente prémios à grande senhora Meryl Streep? E porque é que Danny Boyle é o melhor realizador se o senhor Van Sant é melhor que ele? Para chamar mais atenção para a Índia que para as causas dos homossexuais? Porque a Índia desvia a atenção das questões internas e o casamento gay é uma questão interna e controversa nos EUA? É verdade que Milk arrecadou os prémios de argumento e actor principal. Mas nem todos os prémios podiam ser injustos...

Estou contente por Wall-e ter vencido o filme de animação mas tenho pena que não tenha ganho no som, só pelo maravilhoso som de inicio do mac.

 

Enfim, com um bom espectáculo mas sem surpresas nos prémios, fico com dúvidas se este ano de Oscar me vai ficar na memória.



publicado por Undómiel às 14:26
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos

E pronto.

A contagem decrescente vai já muito adiantada. A data aproxima-se. A mala está pronta. As coisas a enviar pelo correio também.

 

No entanto, a ansiedade que aumenta não tem a ver com a grande viagem até Amsterdão ou até Weimar. A ansiedade que cresce é a ansiedade do regresso a Aveiro. Erasmus vai ser ainda mais desafiante do que se esperava. Mas a ideia é essa, não é?

 



publicado por Undómiel às 14:21
link do post | comentar | ver comentários (3) | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009
os conselhos que vos deixo

Mais ou menos à moda do grande senhor Bruno Aleixo, digo:

 

"Nunca vás para Ovar no dia anterior ao desfile de carro.

Estacionas o carro para ir para a festa e depois regressas a casa de comboio porque não estás em condições de conduzir. Na tarde seguinte, quando voltas para ir buscar o carro, ele não está no mesmo sítio. Foi rebocado. E isso não é agradável."


tags:

publicado por Undómiel às 22:15
link do post | comentar | ver comentários (4) | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009
O post anterior sob um diferente ponto de vista

E enquanto escrevia o post anterior, lembrei-me de pedir ajuda a algumas das pessoas que acompanharam alguma fase do meu percurso aveirense.

A ajuda mais dedicada disse:

 

todas as viagens (que eu não sei de metade),
os concertos,
as bebedeiras (isso já sei de algumas),

as pessoas que já foram embora,
tuaregue,
aluvião,
os bancos do rossio,
trabalho,
dormir,
trabalho trabalho dormir,
codebits,

decart,
deca degei deca deca deca deca,

vamos para o fim do mundo pronto ficamos na barra vamos para o fim do mundo pronto ficamos em maceira de alcoba,
querer sobir as arvores e não subir,
ver pessoas a pinar no parque,
rir um bocado,
ver novelas, nao saber o nome das personagems mas saber as historia toda,
balões, helio, mais balões,
fotografias,
maquina nova,
por do sol na barra,

trabalho
por do sol na barra
sair,
rir chorar,
mais por do sol na barra,
coincidências, muitas coincidencias,

jumbo,
pingo doce,
chá de frutos vermelhos,
pipocas,
filmes+filmes,

ipod,
all star,
sagrues super bock, eristof,

ressaca,

"hoje tenho de me deitar cedo. - ei, já são 5:30!"

lavar a louça à mão - "fixe, o neto tem maquina",
"como é que se diz, tachen ou tasken?",
"deixem o neto ver a novela",
mantinha azul.

 

 

 

A minha resposta: Obrigada.







 


tags:

publicado por Undómiel às 23:47
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos

Aveiro é:

universidade,

cartuchos da Ramos,

pequenos-almoços na tulipan,

cuscar na tulipan,

pão-de-forma da Fanepão,

estar a 20 min a pé do ponto útil mais distante da minha casa,

lasanha do walter,

tomatada da inês,

jantares de encalhados,

sentir o cheiro a pessoas no bar das residências,

obrigar os outros a ouvir Katy Perry no bar das residências,

dançar em cima das mesas no bar das residências,

projecto em minha casa,

projecto em casa do Luís,

dormir pouco e depois dormir muito muito,

idas à barra quando apetece,

famílias que se formam dentro do carro Luís,

correr no parque e fazer dieta mas so durante duas ou três semanas,

francesinha do convivio,

música bonito no clandestino,

conversas filosófico-deprimidas no clandestino,

chá no mercado negro,

cinema no mercado negro,

concertos no mercado negro,

chicha no tuaregue,

made in deca,

festival da canção,

óscares,

eurovisão,

codebits,

ir ao fórum muitas vezes,

dar-me alternadamente com pessoas diferentes,

chão com alcatifa,

cozinhados exóticos do Fred,

pessoas de design,

ir às compras de mochila às costas,

andar sempre com o computador atrás,

ficar até às tantas numa casa que não a minha,

capuccino, 1º do João, depois meu para os outros e depois da máquina do Neto,

aparecer com um saco do Ikea a fazer de mala, com tachos dentro, numa saida nocturna,

viagens para o estrangeiro com as pessoas da universidade,

boleias inesperadas a partir de Paredes de Coura,

Curia,

companhia para concertos em Guimarães, Vila Nova de Famalicão, Coimbra, Porto ou Lisboa,

aventuras no sudoeste,

serra do caramulo,

rir de piadas muito estupidas,

fazer mil planos e não os cumprir,

bancos do rossio,

balões,

Erasmus,

chorar,

bater na janela das pessoas que moram nas residências do campus,

Bar do Estudante,

Oito,

Oita,

Indie,

Vento e chuva...

 

(continua...)

 

 

 

 


tags:

publicado por Undómiel às 22:53
link do post | comentar | ver comentários (8) | adicionar aos favoritos

...

 

Barack Obama e a sua senhora.

Yes, we ca do a lot of things, incluindo o senhor Obama em Lego. Não é lindo?



publicado por Undómiel às 00:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | adicionar aos favoritos

Domingo, 15 de Fevereiro de 2009
o mal de viver numa terra muito pequena

é que, como não ando na mesma universidade que os meus compinchas daqui, sempre que volto a casa apanho uma seca e não tenho nada para fazer.

Mas que péssimo sítio para fazer férias quando os outros estão a trabalhar!

 

Pedrógão Grande é, primeiro, tédio e, depois, solidão.



publicado por Undómiel às 23:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos