pesquisar   

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2008
Porque demorei tanto a descobrir Billie Holiday?

 Tenho vergonha da descoberta tardia. Por razões como:

 

"I would rather my gal would hit me
Than to haul right up and quit me.
It ain't nobody's business if I do."



publicado por Undómiel às 14:57
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

É tão fácil reabrir feridas que chateia.



publicado por Undómiel às 14:40
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2008
Contemporâneos

No seguimento de uma série de posts espalhados pela blogosfera acerca do programa "Os Contemporâneos", vou deixar também o meu parecer:

"Os contemporâneos é um programa absolutamente genial."



publicado por Undómiel às 15:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos

Ainda a suspirar

Foi uma semana bastante festiva, esta que acaba agora.

Depois de dEUS, houve Wraygunn. E depois de beber um fino pago pelo Tom Barman, é-me dedicada uma música pelos Wraygunn. 

Depois de achar os dEUS extremamente acessíveis, os Wraygunn é que têm a iniciativa da dedicatória. Não fui mesmo eu que pedi e foi muito bonito o concerto no Integra-te. 

 

Ai ai (suspiro ao som de dEUS que ainda não consegui parar de ouvir desde o concerto)

 

 

 



publicado por Undómiel às 15:15
link do post | comentar | ver comentários (5) | adicionar aos favoritos

Sábado, 18 de Outubro de 2008
Segredo de um Cuscuz

 Há muito que não ia ao cinema. Já mal me lembrava da sensação de estranheza que é o fim de um filme.

Segredo de um cuscuz é um bom pretexto para o meu regresso às salas de cinema e o expoente máximo da "estranheza do fim do filme". Creio que estive uma boa meia hora a digerir o filme e voltar ao mundo real e físico. Bom pedaço de cinema, este. Estranho pedaço de cinema, este.

As pessoas são a sério. As relações são como as relações a sério. A família é como a família a sério. A vida é como a vida a sério. E o filme é feito pelo realizador e pelo espectador e não imposto ao espectador.

Comer é uma coisa feia e ter barriga é normal mas também é feio.



publicado por Undómiel às 19:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 10 de Outubro de 2008
Cúmulo do Egoísmo

 É gostar das pessoas enquanto elas parecem corresponder à imagem que delas formuláramos e deixar de gostar quando percebemos que a imagem não corresponde à realidade.



publicado por Undómiel às 22:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2008
Prato do Dia

Maura à Valenciana. 



publicado por Undómiel às 02:49
link do post | comentar | ver comentários (4) | adicionar aos favoritos