pesquisar   

Terça-feira, 18 de Novembro de 2008
Paris

 Paris não é, de forma nenhuma, a cidade dos meus sonhos. É, para mim, uma cidade demasiado formal, elitista e orgulhosa. Mas Paris não é assim. E Paris não mostra uma Paris assim. A Paris de Cédric Klapisch é diferente. É mais bonita, é menos superficial e tem sentimentos e histórias. Muitas histórias para contar.


Paris é, estranhamente, um filme que me faz querer voltar a Paris. Paris é, estranhamente, um filme que me faz sentir uma pessoa mais profunda. Sentir Paris (o filme) faz-me sentir uma pessoa mais capaz de sentir, é verdadeiramente envolvente.

É certo que é um filme com uns quantos clichés, da história aos diálogos... Mas fala ao coração, e quando eu deixo de ver um filme para passar a sentir um filme, então está tudo estragado...

 



publicado por Undómiel às 01:29
link do post | comentar | adicionar aos favoritos